sexta-feira, 4 de julho de 2014

Tudo que seu professorzinho do MEC nunca lhe contou sobre ...”O Bloqueio a Cuba"

Tudo que seu professorzinho do MEC nunca lhe contou sobre ...”O Bloqueio a Cuba"

Charge criada para fazer o que a esquerda faz melhor: disseminar a burrice e a ignorância


O uso dos termos "embargo" e (pior ainda) "bloqueio" é, por si só, uma MENTIRA DESCARADA. O Estado americano proíbe apenas cidadãos americanos de comercializarem com Cuba. Ao contrário do que a esquerda quer fazer entender (sempre de forma desonesta, conforme já sabemos que é o seu modus operandi), os Estados Unidos JAMAIS proibiram outros países de comercializar com Cuba. A Ilha Presídio dos Castro é livre pra comercializar com quem os Castro bem entenderem. De sorte que, de saída, NÃO HÁ NENHUM BLOQUEIO. Bloqueio haveria se os EUA mantivessem porta-aviões na costa cubana impedindo a passagem de navios. Essa é a imagem que a palavra "bloqueio" sugere, mas tal imagem habita apenas as cabecinhas apodrecidas pela doença mental deliriuns esquerduns

A Revolução Comunista teve como argumento o "imperialismo", que nada mais é do que a alegação de que o comércio com os Estados Unidos drenavam as riquezas cubanas. Assim, a revolução foi feita para que cessasse o comércio com os Estados Unidos. Conseguiu, cessou. Agora, os Castro alegam que o fato dos Estados Unidos não comercializarem com Cuba está empobrecendo a Ilha. Entenderam? Eu também não. 

O embargo impede que americanos ganhem dinheiro em Cuba, mas não impede que MANDEM DINHEIRO para Cuba. Todo ano saem dos Estados Unidos para Cuba CENTENAS DE MILHARES DE DÓLARES que os exilados cubanos residentes em solo americano mandam para seus parentes. O governo castrista INTERCEPTA (como sempre) uma grande parte desse dinheiro. A proibição que o estado americano estabelece para os cidadãos americanos de comercializarem com Cuba, apenas impede que saia riqueza de Cuba para os Estados Unidos. Aliás, foi somente graças a esse aporte de verbas oriundas da economia americana que a ditadura castrista ainda não ruiu. Repetindo: os cidadãos cubanos que fugiram do regime e foram morar em Miami têm total liberdade para mandar o dinheiro que ganham nos Estados Unidos para Cuba. Na prática, a maior parte do PIB cubano tem origem em solo americano. Portanto, se trata de uma proibição de mão única que prejudica apenas um lado, o americano. 

Por fim, a esquerda atribui todas as mazelas do mundo ao livre comércio, e no minuto seguinte atribui todas as mazelas de cuba a ausência do livre comércio. Entenderam? É difícil mesmo. 

Conclusão sobre a alegação do "embargo": Quando virem alguém usando o argumento do embarco humilhem-no chamando-o de IGNORANTE e BURRO. Podem mandar sem medo. Esses adjetivos ainda são leves, perto dos adjetivos que uma pessoa dessa realmente merece.


Fonte: 

http://meuprofessordehistoriamentiupramim.blogspot.com.br/2013/06/tudo-que-seu-professorzinho-do-mec.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário